Idosos e Tempo Frio - Physical Care

Notícias

Leia algumas matérias sobre apneia, ronco e distúrbios do sono

Idosos e Tempo Frio

Gripe, sinusite e outras doenças conhecidas, vêm acompanhadas do tempo frio e seco do outono e do inverno. Os Idosos estão no grupo de pessoas que mais sofrem com a queda de temperatura e falta de umidade no ar, mas não é só isso.

 

Mature man and woman sitting comfortably on bench in park

Lugares Fechados

Nos períodos mais frios do ano, é comum que as pessoas se aglomerem em lugares fechados, afim de tornar o ar mais quente. É quando fechamos portas e janelas. Isso faz com que o ar não circule, facilitando a proliferação de vírus e doenças respiratórias. Esse conjunto de fatores somado a imunidade frágil dos idosos, faz com que eles sejam grandes vítimas de doenças respiratórias. A melhor maneira de evitar doenças desse tipo é mantendo a casa onde o idoso vive arejada. É aconselhável o uso de um umidificador. Incentivar atividades onde o idoso possa se movimentar, como alongamentos, também pode fazer muita diferença para passar pelo frio sem grandes problemas de saúde.

 

Hipotermia

Outro grande risco aos idosos nessa época, é a hipotermia. Em casos onde o idoso pouco se locomove ou fala, por conta da debilitação de doenças ou mesmo pelo avanço da idade, eles podem acabar por não avisar que estão com frio. A SBGG (Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia) tem 11 dicas para que os idosos não tenham muitos problemas com o tempo frio e seco:

 

  1. Utilizar roupas e agasalhos adequados para proteção em ambientes frios;
  2. Tomar bebidas quentes como chás e sopas;
  3. Banhos devem ser rápidos;
  4. Uso de hidratantes tópicos para diminuir a sensação de pele seca;
  5. Usar cobertores que retenham calor principalmente no período do sono;
  6. Tomar as vacinas contra gripe e pneumonias;
  7. Buscar ajuda médica se o idoso apresentar sintomas de confusão mental e calafrios, ou dificuldades respiratórias;
  8. Buscar realizar atividades lugares amplos porém fechados como shoppings;
  9. Praticar exercícios com professores de educação física ou fisioterapeutas;
  10.  Reposição de vitamina D pela falta de exposição ao sol deve ser orientada por nutricionistas ou médico assistente;
  11.  Em locais com lareiras é importante ter cuidado com manipulação do fogo e intoxicação pelo monóxido de carbono devido a janelas fechadas.


Assine nossa newsletter Receba dicas de saúde e bem estar para dormir melhor